Desumidificadores para Armazenamento de Sementes

Desumidificadores para Armazenamento de Sementes
Desumidificadores para Armazenamento de Sementes

Os modernos sistemas mercadológicos, cada vez mais dinâmicos, junto com o aumento crescente do consumo de produtos agrícolas, tem forçado a busca constante no desenvolvimento de tecnologias voltadas para melhoria e a conservação de sementes e grãos, melhorando assim sua conservabilidade.

A indústria sementeira tem o papel de fornecer sementes de alta qualidade ao agricultor, para assegurar a transferência de todos os avanços tecnológicos desenvolvidos por profissionais das áreas de fitomelhoramento, biotecnologia vegetal e proteção de cultivos, com o objetivo de obter plantas mais sadias e produtivas.

No Brasil, esse mercado movimenta R$10 bilhões ao ano e tem a 3ª maior indústria do mundo no setor, atrás de EUA e China, segundo a Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem).

Após o beneficiamento, as sementes são armazenadas até a sua comercialização. O armazenamento de sementes constitui uma forma segura e econômica da preservação da qualidade fisiológica das sementes pelo maior período possível.

Para isso, um rigoroso controle de umidade e temperatura durante o armazenamento é fundamental.

Mãos segurando uma porção de sementes armazenadas

A importância do controle de umidade para indústria sementeira

As sementes são consideradas organismos vivos e frágeis, e têm a capacidade de ganhar ou perder água de acordo com o ambiente que as rodeiam, por isso são higroscópicas.

Em um ambiente úmido, as sementes secas absorverão umidade do ar e, inversamente, sementes úmidas em um ambiente seco perderão umidade para o ar.

Entre os fatores que mais afetam a qualidade da semente durante o armazenamento estão a umidade e a temperatura do ar, que se não controlados, aceleram o processo de deterioração acarretando a perda de qualidade.

Durante o armazenamento, as sementes podem sofrer alterações químicas, alta taxa respiratória, provocando aquecimento e consumo das reservas, as quais serão necessárias para a germinação e o estabelecimento de uma planta normal no campo.

De acordo Laboratório de Pós-colheita, Industrialização e Qualidade de Grãos – LABGRÃOS da Universidade Federal de Pelotas, a temperatura ótima para o desenvolvimento dos fungos em grãos e sementes armazenados se situa entre 25 e 30°C. O mínimo de umidade relativa para a germinação de esporos da maioria dos fungos é 65%, ou seja, diminuindo a umidade relativa do ar no ambiente de armazenamento para valores abaixo de 65%, significa reduzir a atividade da maioria dos fungos prejudiciais às sementes.

Um estudo realizado pelo Laboratório de Sementes do departamento de Agricultura e Horticultura da ESALQ-USP constatou que, em sementes de soja armazenadas com teores de umidade superiores a 14%, acarretaram um rápido declínio de germinação.

A conclusão do estudo foi que, em ambientes de baixa umidade relativa do ar, mostrou-se favorável à conservação das sementes, apresentando menores índices de deterioração e preservando a qualidade da semente.

Silos de armazenamento da indústria de sementes

Os riscos da alta umidade para a indústria de sementes

A umidade relativa do ar em excesso oferece riscos à integridade das sementes. Quando está acima de 65%, propicia condições ideais para o desenvolvimento de microrganismos e insetos nos armazéns, causando a deterioração das sementes, reduzindo drasticamente a sua qualidade.

A Engenheira Agrônoma Márcia M. Rabelo Guimarães Kobori, Doutora da USP/ESALQ, alerta:

"O objetivo da conservação das sementes durante a armazenagem é manter a qualidade ou minimizar a perda. O ataque de fungos e pragas está diretamente relacionado com as condições em que as sementes estão armazenadas, sendo que numa faixa de temperatura do ar até 23 °C e teores de água da semente de 12% os riscos são baixos. Mas em condições adversas poderá levar a perda do lote de sementes.

Em suma, os principais danos que a umidade fora do padrão podem causar as sementes armazenadas são:

  • Diminuição da longevidade;

  • Aumento do risco do ataque de fungos e insetos;

  • Diminuição da germinação e do vigor das sementes;

  • Aumento da taxa respiratória e da temperatura."

A solução é contar com um desumidificador de ar industrial para manter o ambiente controlado, preservando assim a qualidade da semente durante todo o período de armazenamento.

Controle a umidade do ar e melhore a qualidade das sementes com Desidrat

Para uma armazenagem eficiente de sementes, a Thermomatic oferece a solução com os desumidificadores industriais da linha Desidrat, que garantem uma armazenagem eficaz e segura, preservando a qualidade fisiológica e evitando a ocorrência de fungos produtores de micotoxinas, que prejudicam a semente e ameaçam a saúde humana.

Os desumidificadores industriais Desidrat também são utilizados nos Laboratórios de Análise de Sementes, conforme prevê as Regras para Análises de Sementes (RAS) publicadas pelo MAPA, no controle da umidade relativa na realização dos testes de qualidade, bem como no armazenamento das amostras, assegurando um controle adequado da umidade relativa, mantendo assim a sua integridade.

Principais clientes atendidos

Principais Clientes Atendido: Jotabasso, Embrapa, Helix etc.

Surgiu alguma dúvida? Fale conosco!

Erro: Preencha os campos obrigatórios.

Erro: Preencha os campos obrigatórios.

Ao usar o formulário, você concorda com a nossa política de privacidade

© Thermomatic do Brasil | Otimização de Sites SEO - Marketing em Internet

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para guardar estatísticas de visitas e assim melhorar sua experiência de navegação, saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi e Fechar