Desumidificador para Automação

Desumidificador para Automação
Desumidificador para Automação

O avanço do setor foi tornando necessário o desenvolvimento de novas tecnologias para auxiliar na produção em massa, aumentando os lucros e diminuindo a chance de falhas e descarte de materiais. Foi a partir daí que a automação começou a crescer, tornando o trabalho bem mais eficiente.

Seja na indústria farmacêutica, têxtil ou alimentícia, a substituição do homem pela máquina já mostra como a automação está presente em nossas vidas e em segmentos diversos. De acordo com relatório divulgado pelo Information Services Group, a estimativa é de que 80% dos trabalhos realizados pelo homem sejam substituídos por máquinas até 2050.

A demanda pela rapidez impulsiona a adaptação das fábricas, que passam a utilizar serviços de automação. Ela facilita diversos processos que antes demoravam semanas ou até meses para serem concluídos, com a margem de erro ainda menor. O Data Center, por exemplo, é uma maneira de automatizar a coleta de dados de uma empresa, funcionando 24h por dia e raramente apresentando falhas.

Inserir a automação em sua empresa faz com que você produza mais em pouco tempo, evitando perdas de material e prejuízos financeiros. Porém, isso só acontece quando as máquinas estão trabalhando da forma correta. Manter a qualidade dos equipamentos é essencial para que eles entreguem o resultado desejado para a qualquer indústria.

Realizar os controles de umidade e temperatura dentro de sua fábrica fará com que as máquinas funcionem de forma correta e não sofram danos que resultem em perdas de matéria-prima, substituição dos equipamentos e desaceleração da cadeia de produção.

Como a umidade alta influencia na produção industrial automatizada

A automação pode ser uma grande aliada de sua empresa, mas sem a manutenção necessária e a operação correta das máquinas, as linhas de produção podem ser afetadas diretamente.

O controle do ambiente de produção deve ser feito de forma rigorosa, mantendo o equilíbrio entre temperatura, umidade e evitando a deterioração de máquinas, peças e softwares necessários para manter a eficiência da linha de produção.

É recomendado que os locais de produção estejam com a temperatura entre 50% e 60%. Se estiverem acima disso, as máquinas podem ser danificadas pelas partículas de água presentes no ar, que causam a corrosão e podem resultar em um problema irreversível. Se a sua empresa fica em uma região mais quente, os riscos são ainda maiores e os cuidados devem ser dobrados.

Assim que as partículas de água entram em contato com as peças metálicas das máquinas, acontece a oxidação. Ela faz com que o material perca sua resistência, pois já entra em processo de deterioração. Se o ambiente continuar com os níveis de umidade desregulados, a próxima etapa é a corrosão, que começa a dar uma coloração alaranjada ao metal e leva à ferrugem.

O resultado disso, claro, é negativo. As máquinas não vão funcionar da maneira correta, sua vida útil será afetada e a produção vai sofrer as consequências das falhas causadas dentro dos equipamentos. Em alguns casos, o defeito da peça danificada pode parar a linha de produção e impactar toda a cadeia produtiva do negócio.

Além disso, a umidade acima de 60% permite que o ambiente fique propenso ao desenvolvimento e proliferação de microrganismos, como fungos. A contaminação pode chegar às engrenagens das máquinas, o que pode desacelerar a produção e aumentar os gastos com manutenção.

O cuidado com os funcionários também é importante para a sua empresa, afinal as máquinas, ainda que realizem o trabalho mais rapidamente, precisam de operadores. O ambiente deve estar propício para que o trabalho seja realizado corretamente. Portanto, é essencial se preocupar com a saúde e o bem-estar de todos.

A NR 17 estabelece parâmetros que garantem o conforto dos funcionários e a climatização do ambiente de trabalho. A umidade deve ser controlada para que os trabalhadores não desenvolvam alergias respiratórias, resultado da presença de ácaros e fungos no ambiente. Segundo a norma, a umidade não pode estar abaixo de 40%.

O uso do desumidificador de ar em indústrias

Independente do setor, sua indústria deve se adaptar aos avanços da tecnologia, inclusive ao cuidar da climatização dos ambientes. O desumidificador de ar Desidrat atua de maneira eficiente, impedindo que a umidade excessiva atrapalhe sua linha de produção ou ainda o armazenamento da matéria-prima.

Os equipamentos da Thermomatic mantêm a umidade do ar entre 50% e 60%, evitando a proliferação de fungos no ambiente e a formação de partículas de água no interior das máquinas.

Entre em contato com um de nossos consultores para mais informações sobre o Desidrat para o seu negócio.

Surgiu alguma dúvida? Fale conosco!

Erro: Preencha os campos obrigatórios.

Erro: Preencha os campos obrigatórios.

Ao usar o formulário, você concorda com a nossa política de privacidade

Desumidificadores Desidrat.

Quem usou, aprovou!

Confira abaixo alguns de nossos desumidificadores para controle de umidade na indústria automatizada:

© Thermomatic do Brasil | Otimização de Sites SEO - Marketing em Internet

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para guardar estatísticas de visitas e assim melhorar sua experiência de navegação, saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi e Fechar