Desumidificador para Indústria Química

Desumidificador para Indústria Química
Desumidificador para Indústria Química

A indústria química está presente em diversos segmentos e abastece uma série de serviços essenciais para a população. Como empresa, prezar pela qualidade de seus produtos é essencial para não haver prejuízos.

Em 2018, o setor contribuiu com US$ 5,7 trilhões para o PIB global, totalizando cerca de 120 milhões de empregos no mundo todo. No Brasil, a importação de produtos químicos foi de US$ 43,3 bilhões, o maior número já registrado para a indústria.

A química industrial facilita o processo de fabricação de diversos setores. Usado na produção das indústrias farmacêuticas, de cosméticos, de couro, têxtil e até mesmo na indústria alimentícia, faz com que a necessidade pela qualidade seja ainda maior. Para isso, sua empresa deve oferecer um produto que satisfaça o cliente, resultado de uma série de processos de segurança.

O grande problema que causa diversas perdas e prejuízos para as empresas, é o mau armazenamento e transporte dos produtos. Antes de chegar ao consumidor final, os materiais produzidos em sua empresa devem ser bem armazenados para evitar problemas posteriores. As medidas de segurança de estoque são mais que necessárias na indústria química, principalmente pela alta periculosidade de seus materiais.

Como são muitos os produtos inflamáveis e que reagem em contato com outras substâncias, o cuidado deve ser dobrado. Para manter a indústria em pleno crescimento e continuar contribuindo para a economia do país, é fundamental que sua empresa siga regras de preservação do produto, como o controle de temperatura e umidade, isolamento de materiais e cuidados durante o transporte.

Além disso, o cuidado com seus funcionários também é um fator importante. Respeitar as normas trabalhistas e realizar as medidas corretas de segurança auxilia no crescimento da produção, no bem-estar dos trabalhadores e na prevenção de acidentes graves.

Os perigos da umidade no armazenamento de produtos químicos

Para que a segurança dos trabalhadores e dos produtos seja mantida, existem normas a serem seguidas para o armazenamento correto de materiais químicos. A ABNT exige que os fornecedores sigam a NBR 14725-4, que consiste no preenchimento da FISPQ - Ficha de Informação de Segurança para Produtos Químicos.

A norma consiste em um documento de 16 partes, que classifica os produtos pela sua composição, medidas de segurança a serem tomadas para evitar irregularidades, procedimentos de emergência em caso de acidentes, informações sobre o modo correto de realizar o transporte e o armazenamento, entre outros requisitos.

Dois fatores chaves para o armazenamento correto de seus produtos são a temperatura e a umidade. O equilíbrio deve ser feito de modo a atender à conservação de cada material, já que suas composições suportam níveis diferentes.

Substâncias como lítio, potássio e sódio metálico, por exemplo, reagem negativamente à presença de partículas de água no ambiente. Estes metais alcalinos são sensíveis à umidade e, como são materiais higroscópicos, é necessário armazenar em um ambiente controlado, pois correm o risco de entrar em combustão.

A toxicidade dos materiais também acaba sendo um problema para a sua empresa. Algumas substâncias ficam com esse aspecto após serem estocados em ambientes com a umidade excessiva. Eles se decompõem quando misturados à água presente no ar e apresentam níveis tóxicos. Esse problema resulta em descarte dos materiais, o que desacelera o processo de fabricação e a produtividade de sua indústria.

Além do prejuízo causado no seu bolso, a saúde dos trabalhadores também fica em risco se eles forem expostos a esses materiais nocivos. Por isso, também é importante que a sua empresa siga os padrões da NR 16, que garante a segurança dos funcionários durante operações perigosas e no manuseio de produtos químicos.

Como a umidade afeta produtos sensíveis

O principal problema a ser evitado é a aderência do produto. Níveis de umidade muito altos provocam a ligação de produtos químicos às paredes de silos de armazenamento e caixas.

Os produtos químicos mais utilizados nas indústrias são:

  • Ácido fosfórico – utilizado em fertilizantes, refrigerante e produção de alimentos

  • Hidróxido de Sódio – para fabricação de tintura e sabão

  • Cloro – para fabricação de agentes de branqueamento

  • Carbonato de sódio – para produção de produtos de limpeza e fabricação de vidro

  • Silicato de sódio – para fabricação de produtos de isolamento

  • Ácido adípico – para fabricação de produtos de nylon

  • Butiraldeído – para fabricação de lubrificantes sintéticos

  • Sulfato de alumínio – para produção de papel

  • Ácido Nítrico – para produção de adubo sólido

O controle de umidade no transporte de produtos químicos

Além de abastecer segmentos nacionais, a indústria química também é responsável por distribuir seus materiais para outros países. Para chegar ao seu destino final sem causar prejuízos e danos aos transportadores no meio do percurso, a conservação dos produtos deve seguir as mesmas regras de armazenamento.

A segurança do seu estoque é a garantia de que os produtos serão transportados de forma correta. O uso de contêineres para a exportação marítima é uma medida segura para que não haja interferência externa do ambiente nos materiais estocados dentro do compartimento.

Porém, é fundamental que a transportadora tenha todas as informações necessárias para exportar seu produto. No caso de movimentação marítima, a chance de se formarem goteiras dentro do container é grande, aumentando também a possibilidades de acidentes em alto mar. Essa falta de cuidado prejudica tanto a transportadora quanto sua empresa, que vai sofrer as consequências da perda material.

O uso de caminhões reefer para o transporte de produtos químicos também auxilia de forma eficiente na conservação dos materiais distribuídos pelo país. Como as viagens são longas, o compartimento refrigerado permite que as substâncias não sofram danos no meio do caminho, mas mesmo assim os cuidados com a temperatura e a umidade devem ser feitos.

Estocar os produtos de forma incorreta, mesmo que estejam em um equipamento refrigerado, pode resultar em acidentes graves, como explosão. Isso acontece porque as partículas de água continuam no ambiente, mesmo em temperaturas baixas.

Portanto, qualquer tipo de equipamento utilizado pela sua empresa deve cumprir com os requisitos necessários para o armazenamento dos produtos.

O papel do desumidificador na armazenagem de produtos químicos

Para manter os estoques de forma correta e evitar perdas por acidentes ou descuidos, é preciso fazer o uso de tecnologias avançadas no controle de temperatura e umidade. Os desumidificadores de ar Desidrat controlam a umidade do ambiente em que os produtos estão armazenados, impedindo que a água entre em estado de condensação e prejudique sua produção.

A linha industrial da Thermomatic trabalha em ambientes que estocam grande quantidade de produtos, com tecnologia para funcionar em espaços de até 25.000m³.

Contate um de nossos consultores para a indicação do melhor modelo de desumidificador Desidrat para a sua indústria. Agende uma visita técnica agora.

Surgiu alguma dúvida? Fale conosco!

Erro: Preencha os campos obrigatórios.

Erro: Preencha os campos obrigatórios.

Ao usar o formulário, você concorda com a nossa política de privacidade

Desumidificadores Desidrat.

Quem usou, aprovou!

Confira abaixo alguns de nossos desumidificadores para indústria química:

© Thermomatic do Brasil | Otimização de Sites SEO - Marketing em Internet

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para guardar estatísticas de visitas e assim melhorar sua experiência de navegação, saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi e Fechar