Desumidificador para Instituto de Pesquisa

Desumidificador para Instituto de Pesquisa
Desumidificador para Instituto de Pesquisa

Os avanços tecnológicos dos últimos anos tornam necessários os métodos de desenvolvimento de diversos setores, como o industrial. A sociedade está em plena evolução, portanto é preciso acompanhar esse crescimento e prover novas formas de encarar a produção das indústrias.

Análises são realizadas diariamente em todo o país para garantir a inovação do setor. Os institutos de pesquisa são essenciais para que laboratórios e universidades continuem evoluindo cada vez mais o estudo que auxilia no crescimento de indústrias como farmacêutica, de cosméticos, de energia, agropecuária, entre outras.

Porém, em um estudo complexo, a precisão é muito importante. Alterações mínimas fazem com que a pesquisa seja descartada e comece novamente, atrasando todo o processo e causando problemas com investidores e clientes.

Tomar medidas de segurança durante as análises é essencial para que seu laboratório não tenha prejuízos e consiga entregar os resultados esperados aos clientes. Entre os diversos cuidados com manuseamento de instrumentos e amostras, está a climatização dos ambientes.

O controle de temperatura realizado pelo ar condicionado é extremamente importante, mas o aparelho não faz o controle de umidade no modo de “desumidificação”, podendo até ressecar o ar.

Ambientes com umidade excessiva estão sujeitos à proliferação de microrganismos, como fungos. A partir disso, a contaminação pode surgir nas estruturas do laboratório, nas máquinas, instrumentos e nas amostras utilizadas para estudo.

A importância de controlar a umidade em laboratórios de pesquisa

O resultado correto no fim do estudo e a satisfação do cliente são fatores muito importantes para a sua empresa. Isso só acontece quando você garante a qualidade de seus laboratórios para que elementos do ambiente não causem interferência durante as análises clínicas ou ambientais.

O controle de umidade nos laboratórios é imprescindível, já que uma simples alteração nas amostras, causada pela água presente no ar, pode danificar uma análise e atrasar a distribuição do produto afetado.

Independente do setor que sua empresa atende, os métodos de segurança devem ser realizados rigorosamente.

Pesquisa biomecatrônica

A biomecatrônica é uma área de extrema importância para a humanidade, principalmente na área de saúde. O desenvolvimento de pesquisas inovadoras proporcionam uma nova esperança para a medicina no tratamento de pessoas com membros amputados ou dificuldade de locomoção.

No Brasil, uma pesquisa da AASDAP - Associação Alberto Santos Dumont para Apoio à Pesquisa, comandada pelo médico Miguel Nicolelis, desenvolveu um exoesqueleto controlado pelo cérebro. O equipamento permitiu que o paratleta Juliano Pinto, paraplégico desde 2006, desse o chute inicial simbólico na abertura da Copa do Mundo de 2014.

O evento só foi possível após anos de pesquisa e testes em outros pacientes, além da preservação do laboratório e das máquinas utilizadas para tirar a ideia do papel. Já pensou se todo o trabalho fosse feito em um ambiente sem a desumidificação correta? Certamente o estudo ia ser afetado, pois as peças metálicas dos equipamentos seriam danificadas pela oxidação.

Setor de energia

Realizar pesquisas inovadoras no setor de energia é algo comum no Brasil. A busca por novas fontes de energia, tecnologias mais baratas e que beneficiam o meio ambiente, são fatores que impulsionam os analistas da área a desenvolverem novas técnicas e facilitarem o abastecimento ao consumidor.

Se seu laboratório de pesquisa não fizer o controle de umidade necessário, os instrumentos utilizados podem sofrer a oxidação de partes metálicas.

Se o erro não for corrigido rapidamente, a oxidação vira corrosão e, posteriormente, a ferrugem. Isso faz com que os equipamentos sejam danificados, percam vida útil e interfiram nos resultados dos estudos, causando prejuízo tanto para o laboratório quanto para seus parceiros e clientes.

Setor agropecuário

A alta demanda por inovações no setor agropecuário é resultado do crescimento da indústria nos últimos anos, que colabora com a economia do país e representa 21,6% do PIB brasileiro. Para crescer ainda mais, é preciso investir na pesquisa de novas tecnologias que diminuam custos da produção industrial, otimizando os recursos utilizados na distribuição de alimentos para o país.

Ao produzir uma pesquisa, sua empresa deve estar preparada para trabalhar com produtos diversos. O uso de alimentos em estudos, por exemplo, deve ser feito com muito cuidado. Se o ambiente estiver com umidade alta, acima de 60%, a chance de microrganismos se proliferarem e contaminarem os alimentos é grande. No fim, a análise será prejudicada e não atingirá os resultados esperados.

Indústria farmacêutica

Desenvolver novos medicamentos e trabalhar para melhorar cada vez mais a saúde da população são os principais objetivos da indústria farmacêutica. A importância da pesquisa clínica de medicamentos é grande, já que o farmacêutico de pesquisa é o responsável por fazer a ponte entre a indústria e o paciente.

Antes de iniciar a pesquisa clínica em pacientes, o laboratório farmacêutico é responsável por atestar a qualidade e a segurança dos medicamentos. Portanto, é necessário que o local de trabalho esteja limpo e sem qualquer tipo de desequilíbrio entre umidade e temperatura.

A umidade excessiva em seus laboratórios pode alterar a composição dos medicamentos que perdem sua eficácia. A contaminação por microrganismos também pode acontecer se a umidade ultrapassar os 60%. Tudo isso, interfere negativamente no resultado da sua pesquisa, que sofrerá com o atraso e com o descarte de produtos.

Além disso, seu laboratório deve prezar pelo armazenamento correto dos medicamentos que serão usados em testes clínicos. A RDC n° 9, de 20 de fevereiro de 2015 da Anvisa afirma que os laboratórios devem ter todas as informações sobre os cuidados especiais no armazenamento, como temperatura, umidade e luminosidade.

O uso do desumidificador de ar em institutos de pesquisa

A garantia dos resultados é importante, principalmente no estudo de novas tecnologias que vão otimizar processos e contribuir para a sociedade, seja na pesquisa destinada à análise de solos para a indústria agropecuária ou no desenvolvimento de novos métodos que promovem o avanço da medicina.

Para que o estudo seja feito corretamente e beneficie a população de alguma forma, a qualidade durante o processo de pesquisa deve ser assegurada pelos laboratórios responsáveis. O controle de umidade para a preservação de instrumentos, máquinas e amostras é essencial para que a conclusão das análises seja a melhor possível.

O desumidificador de ar Desidrat trabalha para que haja o controle de umidade do ar, evitando a oxidação de materiais metálicos, proliferação de bolor e mofo em alimentos e medicamentos, além de melhorar a qualidade do ar e preservar a saúde dos trabalhadores.

Contate um de nossos consultores e agende uma visita técnica em seu laboratório para a indicação correta do Desidrat.

Desumidificadores Desidrat.

Quem usou, aprovou!

Confira abaixo alguns de nossos desumidificadores para controle de umidade em instituto de pesquisa:

© Thermomatic do Brasil | Otimização de Sites SEO - Marketing em Internet

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para guardar estatísticas de visitas e assim melhorar sua experiência de navegação, saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi e Fechar