Umidade em Bens Materiais

Umidade em Bens Materiais
Umidade em Bens Materiais

Os móveis e objetos são os elementos que decoram nossas residências. Um ambiente com o seu estilo é o primeiro passo para fazer com que sua casa fique parecida com você e seja, principalmente, um local confortável de se viver.

Seja o tipo do sofá, da estante e da televisão; o tamanho da cama e o estilo do guarda-roupa; ou a decoração da cozinha, o tipo da geladeira e do fogão. Todos esses são fatores que contam para tornar as casas, ambientes agradáveis de convivência.

Portanto, é de extrema importância que os bens materiais sejam conservados com todo o cuidado, já que representam a identidade dos ambientes.

A principal causadora de perda dos bens materiais dentro de casa é a umidade alta. Em excesso, ela provoca danos que podem ser irreversíveis, como a ferrugem em objetos metálicos ou o inchaço em móveis de madeira.

Para evitar estes problemas, é necessário realizar o controle de umidade nos ambientes, principalmente em locais que registram altos níveis, como regiões litorâneas.

Os danos causados dentro de casa pela umidade alta

Ambientes com umidade em excesso são facilmente reconhecidos, já que apresentam mau cheiro e problemas visíveis logo de início, como manchas de mofo nas paredes e teto. Porém, não é apenas o dano estrutural que deve ser levado em conta nos cuidados com a casa.

A contaminação pode chegar aos móveis e também nos eletrodomésticos, provocando uma dor de cabeça ainda maior, já que, além de valor sentimental, eles também custam dinheiro.

Veja abaixo os locais e os principais bens materiais prejudicados:

Cozinha

  • Cozinha

    Eletrodomésticos

    A umidade alta é um dos principais fatores na deterioração de eletrodomésticos. Os problemas de corrosão ocorrem, principalmente, em geladeiras, fogões e micro-ondas. Suas partes metálicas, apesar de serem feitas com aço inox, não estão livres dos danos se a umidade estiver muito acima do recomendado.

  • Armários

    Armários

    Os armários também sofrem com a umidade em excesso. Por serem feitos de madeira, correm o risco de inchar e descascar. Ainda, a proliferação de fungos no ambiente pode chegar ao interior dos armários, formando mau cheiro e manchas, além de contaminar alimentos e temperos que estão guardados ali.

Sala de estar

  • Estofados

    Estofados

    Sofás e poltronas estão sujeitos à contaminação dos microrganismos presentes no ar. Além de abrigarem cerca de 900 ácaros em cada grama de poeira, os estofados também sofrem com manchas causadas pelo bolor. Mesmo com limpeza e medidas paliativas a preservação será por pouco tempo. Em alguns casos, o mofo se prolifera rapidamente no interior do móvel e faz com que ele se deteriore rapidamente.

  • Eletrônicos

    Eletrônicos

    A umidade em excesso também causa diversos problemas em equipamentos eletrônicos. A condensação de partículas de água dentro da televisão, por exemplo, pode causar alterações na tela e até mesmo fazer com que ela pare de funcionar. Também é comum que aconteçam curtos-circuitos que, nos casos mais graves, provocando incêndios.

Quarto

  • Móveis de madeira

    Móveis de madeira

    O guarda-roupa é um dos principais móveis afetados pela alta umidade, já que o mofo se alastra pelas roupas facilmente. Além de mau cheiro, também podem ser encontradas manchas nas laterais e na parte traseira do móvel por estar em contato direto com a parede. Por ser feito de madeira, também é possível que a condensação de água cause inchaço e descascamento do material.

  • Roupas e sapatos

    Roupas e sapatos

    Quando o desenvolvimento do mofo já aconteceu dentro do guarda-roupa, é apenas questão de tempo para que ele se espalhe para as roupas, sapatos e acessórios. Mofo e bolor causam o mau cheiro e manchas nos tecidos, principalmente no couro, que é sensível e pode não ser recuperado após a contaminação.

Como preservar bens materiais

Para impedir a proliferação de microrganismos e a condensação de partículas de água no ambiente, é necessário realizar a desumidificação em sua residência. Só assim você garantirá a conservação de bens materiais e também a qualidade do ar que sua família respira.

Os desumidificadores de ar Desidrat, da Thermomatic, controlam a umidade do ar entre 50% e 60%, níveis recomendados pela Organização Mundial de Saúde - OMS. Além disso, o aparelho retém partículas em suspensão deixando um ar mais limpo.

Os equipamentos residenciais da Desidrat atendem a todos os ambientes, como closets, quarto de bebê e também sua mini farmácia para conservar os medicamentos.

As linhas Compact, Smart e Design são ideais para espaços que vão de 1m³ a 500m³.

Dúvidas para escolher o melhor Desidrat para seu ambiente? Entre em contato com um de nossos consultores através do formulário abaixo ou pelo Whatsapp agora.

Surgiu alguma dúvida? Fale conosco!

Erro: Preencha os campos obrigatórios.

Erro: Preencha os campos obrigatórios.

© Thermomatic do Brasil | Otimização de Sites SEO - Marketing em Internet